As Estações

|
Minha vida anda assim: nem verão, nem inverno. Uma estranha mistura que nunca sei o resultado final. Às vezes acordo meio verão, cheia de esperança, energia, atitude. Outros dias o inverno me assola como um cubo de gelo, similar na sua integridade, suposta inércia e quietude. Mas vejam, um cubo de gelo é sensível, basta uns segundos no ambiente para reativá-lo à água. Tenho muitas coisas na minha mente, talvez seja por isso a minha aparente inconstância. Mas não insconstância do querer, mas de fazer o que quero. Já falei que quero muitas coisas. De preferência todas ao mesmo tempo, numa enxurrada de prazer. O meu imediatismo me corrompe e me sinto perdida dentro dos meus anseios. Qual deles devo privilegiar, qual deles deve ter a sorte de ser considerado prioridade? Ainda estou em processo de avaliação, mas no fundo sei o grande vencedor! Que venha a primavera!!!!!

1 comentários:

Aline Biedrzycki disse...

Olá!
Vim retribuir a visita... Ótima semana (mais curta, mas ainda uma semana)pr ti!
Bj.

Postar um comentário